terça-feira, 16 de agosto de 2016

Conheçam por que dia 15 de agosto é o dia da Informática!

dia da Informática é comemorado em 15/08 porque foi neste dia, do ano 1946 que surgiu o Eniac que mereceu ser chamado de computador. Neste dia devemos refletir sobre os benefícios que a Informática trouxe para o ser humano, afinal, ela se tornou ferramenta imprescindível para todas as sociedades cotidianamente.

Segue abaixo um histórico do desenvolvimento da informática e das tecnologias ligadas a computação em geral:
1622 - O matemático inglês William Oughtred desenvolve a primeira régua de cálculo.
1642 - O pesquisador francês Blaise Pascal cria a primeira calculadora.
1822 - O matemático inglês Charles Babbage projeta um computador mecânico, porém este não saiu do papel.
1847 - É criado o sistema binário pelo matemático inglês George Boole.
1880 - O norte-americano Herman Hollerith cria um processador de dados eletromecânico. O sistema usava cartões perfurados para inserir dados.
1930 - Nos Estados Unidos, o engenheiro eletricista Vannevar Bush desenvolve um computador usando válvulas de rádio.
1946 - Os engenheiros norte-americanos John William Mauchly e John Presper Eckart Jr desenvolvem o Eniac, o primeiro computador eletrônico. O Eniac foi desenvolvido para servir aos interesses bélicos dos EUA na II Guerra Mundial. Serviu para fazer os cálculos no desenvolvimento da bomba atômica.
1954 - A empresa eletrônica Texas Instruments fabrica o transistor usando silício.
1956 - Surge, no MIT - Instituto de Tecnologia de Massachusetts - o primeiro computador que utiliza transistores.
1963 - Douglas Engelbart patenteia o mouse.
1964 - Paul Baran, pesquisador norte-americano, projeta e cria a primeira rede de computadores interligada por fios.
1966 - A IBM desenvolve o Ramac 305, utilizando discos de memória com capacidade de 5 megabits.
1968 - Douglas Engelbart cria um sistema com mouse, teclado e janelas ( windows ).
1971 - A Intel cria o MCS-4, primeiro microcomputador pessoal com o processador 4004.
1972 - A empresa Atari cria o primeiro videogame com o jogo Pong.
1975 - desenvolvem a linguagem Basic, primeira linguagem para microcomputadores, . As linguagens anteriores eram adequadas aos grandes e médios computadores.
1975 - Bill Gates e Paul Allen fundam a Microsoft.
1976 - Steve Wozniak e Steve Jobs projetam e desenvolvem o micro Apple I. No mesmo ano a dupla a Apple Computer Company.
1981 - A IBM lança o micro PC 5150.
1985 - A Microsoft o sistema operacional Windows e o Word 1.0 (primeira versão do processador de textos).
1989 - Tim Berners-Lee , pesquisador europeu cria a World Wide Web ( WWW) que origina a Internet.
1991 - Linus Torvald lança o sistema operacional Linux com código-fonte aberto.
1992 - A empresa americana Microsoft lança o sistema operacional Windows 3.1. A nova versão do Windows incorpora tecnologias voltadas para a utilização de CD-Roms.
1993 - Surge o primeiro browser, o NCSA Mosaic.
1993 - A empresa de processadores Intel coloca no mercado o processador Pentim.
1994 - É criado o navegador de internet Netscape Navigator.
1995 - Chega ao mercando o Windows 95, trazendo incorporado o navegador Internet Explorer.
1995 - Criada a linguagem Java pela Sun Microsystems.
1997 - Garri Kasparov, campeão mundial de xadrez, perde pra o computador Deep Blue da IBM.
1997 - Justin Fraenkel desenvolve o Winamp, programa utilizado para ouvir músicas no formato MP3.
1998 - A Microsoft lança no mercado o Windows 98.
1999 - A Intel lança no mercado o processador Pentium III.
http://www.smartkids.com.br/datas-comemorativas/15-agosto-dia-da-informatica.html



terça-feira, 26 de julho de 2016

Sugestões de Atividades para trabalhar o Dia dos Avós na Informática!!

Tem algumas datas que não podemos deixar passar em branco e o Dia dos avós é uma data muito especial!
E, nós que fazemos parte da Informática é preciso um cuidado redobrado para não repetir o que está sendo feito em sala com as professoras. Precisamos trabalhar com temas e assuntos pertinentes ao aprendizado e a vivência dos alunos de uma maneira lúdica, interativa e utilizando é claro, a tecnologia. Então, pesquisei para o Dia dos Avós, vídeos,imagens,lindas molduras para fazer cartões personalizados e criar e confeccionar todo e qualquer material que possa ser feito no computador e impresso também. Vai da criatividade de cada um....depende do incentivo, vontade, arte e do planejamento.
Para tal, podemos fazer uso do: Editor de texto para digitar, formatar lindas poesias, poemas, paródias, acrósticos, cartas, textos, tudo o que for de produção textual feita pelos alunos; Editor de desenho para ilustrar desenhos livres ou direcionados, colorir imagens; Editor de Slides para fazer belíssimas apresentações com fotos, imagens, músicas;

São infinitas as possibilidades de criações de nossos alunos, desde a Educação Infantil ao Ensino Fundamental menor, abaixo postarei as molduras que pesquisei na Internet e achei lindas...







Aí vão os créditos:

Como surgiu o Dia dos Avós? Historiar é bom demais!!!!


Em alguns países, como Portugal e Brasil, comemora-se o Dia dos Avós todo 26 de Julho. Mas você sabe como surgiu nesses países a ideia de se ter um dia dedicado aos queridos vovôs e vovós?
Segundo o site Avós no Mundo (www.avosnomundo-26julho.com), a ideia de instituir o dia 26 de Julho como Dia dos Avós em Portugal foi lançada no final dos anos 80 por Ana Elisa do Couto Faria, um portuguesa de 66 anos, então avó de quatros meninas e dois meninos, nascida na cidade de Penafiel – Norte de Portugal.
Para ela tal celebração, semelhante à que se faz no Dia das Mães ou no Dia dos Pais, consagra a figura tutelar dos avós como guardiões das tradições familiares e pode ajudar a quebrar a solidão de muito avô ou avó, ao menos um dia no ano. Consta que ela usava uma frase, atribuída a Jonh Collins, que lhe era muito querida quando se expressava perante jovens: «aproveitar um bom conselho requer mais sabedoria do que dá-lo».
Nascida a 22 de Janeiro de 1926, na cidade de Penafiel, Ana Elisa do Couto era uma dentre os nove filhos de um casal de proprietários humildes e generosos. Já casada e mãe, ANA ELISA logo percebeu que seus pais, perante os netos, eram o tal fator  de orientação e perfeição familiar. Com o nascimento do primeiro neto, Ana Elisa começou a verificar e a interiorizar o modo como seria bonito dar relevo aos Avôs do seu país e do mundo. Por cerca de dezesseis anos percorreu diversos países do mundo levando consigo a mensagem do dia 26 de Julho. Ela não se poupou a esforços para fazer nascer o "dia". Recorreu a diversos organismos da igreja católica, meios da comunicação social e deputados, e usava todos os meios ao seu alcance sendo que um dos mais notados era recorrer a figuras públicas portuguesas, em especial atletas de alta competição e lhes pedia para levarem a mensagem através de posters.
Após muita perseverança, em Portugal a Assembléia da Republica aprovou, pela resolução 50/2003 de 04 Junho, o Dia 26 Julho como Dia Nacional dos Avós.
Em entrevista concedida em Agosto de 2003, Ana Elisa Couto (“D. Aninhas”, como era chamada pelos amigos), então com setenta e sete anos, disse: “Se consultar os arquivos dos meios de comunicação anteriores a 1986, poderá verificar que o tema sobre os avós era quase completamente esquecido. A partir do ano de 1992 em que se realizou a primeira festa em Penafiel patrocinada pela Câmara e divulgada em diversos meios de comunicação social, o dia foi engrandecendo no aspecto de se falar um pouco mais nos avós. Lembro-lhe que nessa década percorri diversos países e sempre levei comigo a mensagem deste dia, fazendo-me acompanhar de cartazes alusivos”.
Foi muitas vezes convidada a visitar outros países (Brasil, França, Estados Unidos, Alemanha, África do Sul, Angola, Espanha, Suíça, Canadá) para a conhecerem e participar das festividades. Ana Elisa Couto veio a falecer em Novembro 2007.
O dia 26 de julho foi escolhido como o Dia dos Avós porque o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo.
A data da festa de São Joaquim sofreu várias alterações ao longo dos tempos, mas em 1879 o Papa Leão XIII, cujo nome de batismo era Gioacchino (versão italiana de Joaquim), estendeu sua festa a toda Igreja. Finalmente, o Papa Paulo VI associou num único dia, 26 de julho, a celebração dos pais de Maria Santíssima (Wikipédia).
Embora no Brasil já seja costume comemorar o Dia dos Avós em 26 de Julho, não temos notícias de essa data ter sido oficialmente estipulada pelo governo brasileiro.
Fonte: www.avosnomundo-26julho.com
Dia dos Avós no Mundo
Estados Unidos
O Dia Nacional dos Avós (National Grandparents Day) é celebrado nos Estados Unidos desde 1978 no primeiro domingo depois do dia do trabalho (setembro). Marian McQuade, de West Virginia, é reconhecida como a mentora dessa data comemorativa nos Estados Unidos.
Austrália
Queensland foi o primeiro estado australiano a celebrar oficialmente o Dia dos Avós (2010) - no primeiro domingo de novembro.
França
O Dia das Avós começou a ser comemorado na França em 1987 no primeiro domingo de março.
Itália
O Dia dos Avós foi estabelecido em 2005 e é celebrado em 2 de outubro.
Polônia
O Dia das Avós (Dzień Babci) foi criado em 1964 pela inicialmente promovido pela revista "Kobieta i Życie". É comemorado em 21 de janeiro. O Dia dos Avôs (Dzień Dziadka) é celebrado um dia depois, 22 de Janeiro.
(Fonte: Wikipedia)
Abaixo seguem alguns links sobre essa data especial que achei interessante:
http://www.portaldafamilia.org/datas/avos/origemdiadosavos.shtml
http://ocantinhodaborboletaazul.blogspot.com.br/2008/07/hoje-dia-da-av-e-dia-de-santana.html
http://www.caestamosnos.org/Pesquisas_Carlos_Leite_Ribeiro/Dia_dos_Avos.html
http://www.cantinhodaeducacaoinfantil.com.br/2008/07/amigas-blogueiras-este-ano-minha-escola.html
http://www.pragentemiuda.org/2008/05/projeto-dia-da-vov.html
http://ferramentapedagogica.blogspot.com.br/2009/06/atividades-para-o-dia-dos-avos-sugestao.html

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Refletindo sobre a MORTE!!! É triste, aceitá-la...

Triste fim imaginar que a vida termine na hora da morte. 
Que tudo o que construímos durante a nossa existência simplesmente se perca nos punhados de terra jogados sobre a nossa sepultura.
Naquela hora, palavras não são suficientes para expressar toda a dor que o sentimento da partida provoca nos que ficam. 
Religião, crença, fé, por mais profundos que sejam são incapazes de traduzir o vivenciado intimamente.
Por isso, me recuso a acreditar que a nossa vida termina com a morte. Prefiro acreditar que a dor que sentimos nos ensina a valorizar o reencontro em algum lugar no futuro.
Que essa dor nos leva a reflexões tão profundas que nenhum livro, nenhuma palestra, nenhum estudo, por mais profundos que sejam têm o poder de nos ensinar. 
Aprenderemos com a dor, o que poderíamos ter aprendido com a alegria de compartilhar as coisas mais simples da vida com os outros. Uma música ouvida juntos, um sabor da comida partilhada à mesa, farta ou menos farta. Um silêncio naquela hora do dia em que tudo o que queremos é apenas saber que o outro está ali, tão disponível quanto um simples copo de água no deserto.
Talvez essa reflexão seja apenas uma elucubração meio maluca, infantil. Talvez seja apenas uma tentativa de conviver com a dor e o desmoronamento de sonhos que a partida provoca em nós. Mas é dessa forma que procuro elaborar o luto que se ainda não nos atingiu, certamente, em algum momento nos atingirá.
Sim, há aqueles que já aprenderam a valorizar esses pequenos momentos. 
Com certeza também sofrerão, a ruptura. Para esses, defendo que deva prevalecer a fé no reencontro no “futuro”. E mais uma vez, imagino o turbilhão de alegria que nos inundará no exato momento em que nos reencontrarmos. A alegria, o abraço saudoso apertado, o olho no olho querendo saber por onde tem andado aquela criatura que tanta dor nos causou. Depois, o silêncio segurando a mão, olhar no infinito, o gozo do reencontro festivo.
Por Lúcio Alves


O DIA depois de Amanhã...

Que dia é esse? Como será? Ao certo nós não sabemos como será e o que nos espera... há muito venho refletindo sobre as reviravoltas que a vida dá e não paro de pensar o quão incerto é o futuro, o quão misterioso é o nosso DIA depois de AMANHÃ!!!


Em minha mente recordo do filme, com o mesmo título dessa postagem,  O DIA DEPOIS DO AMANHÃ, onde retrata os efeitos catastróficos do aquecimento e esfriamento global, trazendo uma mensagem clara sobre o suposto “fim do mundo”, despertando a necessidade de uma atenção rigorosa às atitudes tomadas pelo homem. E muitos outros retratam  Há muito ouvimos falar das mudanças climáticas, das crises que enfrentaríamos se continuássemos com o consumo exagerado de todos os elementos da natureza;

São muitos os problemas que afligem os nossos DIAS: sejam eles sociais, ambientais, culturais, físicos, estruturais e emocionais. Cada um tem seu motivo, sua raiz. Cada um vai nos destruindo pouco a pouco. 

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Uma Carta de Amor...


Querida Nicoly,
Hoje você completa seus 15 anos, pouco tempo em relação ao mundo, mas muitos para mim e toda a mudança em minha vida desde o dia em que soube que estava grávida. Recordo cada momento, sentimento, sensação de ter você dentro de mim. Você nasceu, num domingo, feriado do Dia da bandeira, com Dr.Marcelo Franco na clínica Santa Helena, às 5:45 da manhã. Desde a noite passada até ter você em meus braços muita emoção!
Há muito espero esse momento, e pensei em te escrever para nunca esquecer e nem duvidar do meu amor por você, da mudança que fez me minha, da minha realização pessoal em ser mãe, da felicidade de ser mãe de NICOLY BRASIL! 
Filha, peço todos os dias aos anjos e santos, a Deus Pai Todo Poderoso, Nossa Senhora e tudo o que há de maior e mais sagrado nesse mundo que você permaneça firme em seus projetos, trilhe seus caminhos na verdade, amizade, autenticidade, fé,  protegendo você de todos os males e perigos. Sabedoria, discernimento, calma te acompanhem sempre e estarei sempre ao seu lado!
De sua mãe, hoje e sempre
Aracaju, 19 de novembro de 2015

15 anos de minha filha, Nicoly!!!

15 anos...
Como esperei por esse momento...
E hoje estou aqui diante do Senhor para agradecer a dádiva de ser mãe!
Há exatamente 15 anos atrás senti as dores, em casa, e cada vez que elas aumentavam, mais crescia minha ansiedade em conhecer você, ver seu rostinho e cada detalhe seu.
No dia 19 de abril de 2000, uma linda menina nascia, sendo a mais bela do hospital, para mim é claro. Parecia que ia explodir, a minha pressão arterial falava por mim, 19 x 24, e quando você saiu de dentro vindo ao meu encontro, comprovei todo o amor de Deus que já habitava em mim os 9 meses.
Vivi cada minuto, segundo em meus braços, te segurando, te protegendo, te acalentando... amamentando você descobri a dor mais fina, engraçada e sua mãozinha na minha com os olhinhos virados para mim, via no seu rosto o sorriso de uma vitória e conforto.
Vi, a felicidade e a realização de nossas vidas com sua chegada, onde ofertamos carinhos e éramos retribuídos com toda a sua alegria e amor.
Vi, de repente, um bebê, fazer de sua existência, um sentido de carinho, paz, orgulho e amor.
Passamos por momentos difíceis, sentimos na pele cada momento, mas ultrapassamos com o amor de Deus...
Vivi, com você, as primeiras palavras,os primeiros passos, os primeiros tropeços, as carinhas de choro, alegria, dores...
Vivi, com você, os primeiros dias na escola e suas lições mais difíceis...
Vi, a cada dia, aquele bebê, crescer, e aos poucos virar uma menina, uma moça, em busca de amores, paixões e novos rumos.
Estou vivendo, com você, todos os momentos, que uma mãe pode viver com uma filha...
E quero viver cada dia ao seu lado, filha querida! Que Deus continue te abençoando, te protegendo e iluminando seus caminhos!!!
Hoje é o só o começo de mais uma parte de sua história de vida. Estarei sempre torcendo por você! Te amo infinitamente, amor meu!!!

quarta-feira, 19 de agosto de 2015